Saúde

Confira dicas para evitar espinhas nas costas

Você sofre com espinhas nas costas? Existem diferentes fatores que contribuem para o quadro, sem contar o fato que muitas pessoas têm predisposição para o diagnóstico.

espinhanascosta

No entanto, o estilo de vida que cada pessoa segue está relacionado diretamente com o aparecimento das espinhas nas costas.

Neste sentido divulgamos uma lista com três mudanças básicas que você pode fazer na sua rotina para evitar as espinhas nas costas.

Cuidado ao passar o condicionar
O produto para tratar os cabelos é o maior inimigo de quem tem espinhas nas costas.

O resíduo do condicionador que fica nas costas depois do banho ajuda a piorar o quadro.

A dica é tomar alguns cuidados na ducha, como trazer os cabelos para a frentes do corpo na hora de enxaguar e lavar as costas com sabonete após a remoção do produto.

Tome banho logo após realizar exercícios físicos
Para evitar a proliferação das bactérias nas costas, tome banho após praticas algum esporte para eliminar o suor do corpo.

Não esprema as espinhas

Não esprema as espinhas. Isso porque as acnes podem se espalhar, já que, as vezes, ao espremê-la, nem todo o líquido dentro dela sai e uma parte pode se espelhar por dentro da pele, proliferando o problema.

Evite o calor nas costas
Usar mochilas por tempo prolongado ou deixar os cabelos soltos sobre as costas durante o calor também aumentam a transpiração na região, se tornando um prato cheio para as bactérias da acne.

Portanto, não adianta usar roupas folgadas e de algodão, se você abafa as costas de outras formas.

Use roupas mais soltas
Se você já sofre de espinhas nas costas, saiba que roupas muito justas podem piorar o problema, justamente por deixarem a região mais abafada.

Principalmente se elas forem feitas com tecidos quentes e que não deixam a pele respirar, como os sintéticos.

Prefira sempre tecidos naturais, principalmente o algodão.

Além disso, eles ajudam a espalhar a lesão: “se a pessoa estiver com uma espinha inflamada nas costas, o pus da secreção da espinha pode contaminar o tecido e fazer com que a espinha apareça em outros lugares”.

Via: http://www.bonde.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s