Saúde

Descubra como evitar a micose da barba

Alguns homens precisam lidar com questões desagradáveis ao fazer a barba. Uma delas é a micose, que atrapalha qualquer cara que queira conquistar um barbear eficiente e de qualidade. No entanto, existem formas de reduzir os efeitos negativos do problema para conseguir raspar os pelos sem sofrimento e com segurança. De acordo com o médico dermatologista com prática em oxidologia Amilton Macedo, o homem deve eliminar a micose, tida como uma infecção superficial causada por dermatófitos, limpando e esfoliando o rosto sempre que possível.

“A melhor maneira de evitar as micoses da barba é limpar e fazer uma esfoliação suave da pele antes do barbear , desta forma podemos fazer uma renovação de mecânica de células mortas, fungos e bactérias”, explica o especialista. A micose da barba se localiza principalmente nas regiões do queixo, bochechas e pescoço. Ainda segundo Dr. Amilton, manter o barbeador limpo e guardado a seco ajuda a proporcionar um barbear mais confortável para quem sofre do problema. “Também é importante lavar bem o aparelho de barbear após o seu uso e sempre manter o mesmo bem seco”, observa o profissional.

Movimentos com o barbeador devem ser feitos na direção em que os pelos crescem

Ter atenção às passadas do aparelho sobre o rosto é outro ponto que pode influenciar no resultado final da raspagem. Tome cuidado para nunca fazer a remoção no sentido contrário ao crescimento dos pelos. Salvo exceções como as áreas do pescoço e queixo, deslize o barbeador na direção em que eles crescem. Assim o corte se torna muito mais rente e o espelho refletirá isso. “Evite movimentar a lâmina no sentido contrário ao crescimento do pelo, principalmente nas peles sensíveis”, aconselha o médico.

Espuma e gel de barbear para facilitarem o corte dos pelos

A aplicação da espuma ou gel de barbear durante o processo também contribui para tornar a raspagem mais agradável e menos dolorida. “O principal benefício da espuma ou gel de barbear é o amolecimento dos pelos, facilitando a raspagem e diminuindo o risco de inflamações e foliculites no rosto”, comenta Dr. Amilton.

Na comparação entre os dois produtos, o médico esclarece que não existe muita diferenciação. “O gel e a espuma de barbear possuem os mesmos ativos, a diferença está na forma de apresentação”, indica. O importante é que cada um encontre a fórmula que mais se adapta quando o produto age na pele. “Ambos atingem o mesmo objetivo, a escolha dependerá de cada pessoa”, finaliza o especialista.

 

Fonte: http://www.preparadopravaler.com.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s