Beleza

Preparação para o verão!

1.O verão está chegando. O que fazer para preparar a pele para pegar ‘aquele’ bronzeado?
O melhor para ter um bronzeado duradouro e seguro é se expor ao sol de modo leve e gradativo. Assim poderá conquistar um bronzeado sem agressão à pele e que irá durar muito mais tempo. Sempre usando protetor solar na face e no corpo. Para intensificar e manter o bronzeando, pode-se ingerir formulações com vitamina C, E e Betacaroteno, manter uma dieta saudável e rica em carotenóides (alimentos laranja e amarelos são os mais comuns) com, no mínimo, um mês antes e durante a exposição solar.
A hidratação é um item fundamental. Lembrando que ela vem de dentro para fora, deve-se ingerir muito líquido todos os dias. No banho, é indicado usar sabonetes suaves e água morna, e aplicar hidratantes diariamente após o banho. Os hidratantes corporais e faciais devem ser compatíveis com seu tipo de pele, pode-se fazer esfoliação corporal 1 a 2x por semana nas áreas mais queratinizadas, como cotovelos, joelhos e pés, no próprio banho, e pelo menos 1x por semana no rosto, além de usar protetor solar diariamente. É importante reaplicá-lo a cada 2 horas, generosamente por todo corpo.

2.Quais os cuidados para manter o bronzeado por mais tempo?
O principal hábito para manter um bronzeado saudável e por mais tempo é cultivar uma dieta balanceada, essencial para o bom funcionamento de todo o organismo. Sendo a pele o maior órgão que temos, então nada melhor do que comer bem, para ter pele, unhas e cabelos saudáveis e bonitos. Manter a hidratação adequada e lembrar que se você exagerou nos primeiros dias de exposição, terá mais chance de descascar a pele, por isso lembre-se de usar o filtro solar para que o bronzeado seja gradativo e duradouro.

Alguns alimentos melhoram o aspecto da pele e intensificam naturalmente o bronzeado. São eles: cenoura, mamão, manga, melão, abóbora, laranja e as folhas verdes, como salsa, repolho, couve, espinafre e agrião, ricos em betacaroteno. Além da dieta equilibrada é importante ingerir líquidos, como água, sucos e chá, no mínimo, de 2 litros por dia, que ajudará no bom funcionamento do metabolismo celular de todo corpo. Os cuidados com a pele são a hidratação antes e depois do sol.

3.De uma forma geral, o que pode acontecer com alguém que não se protege no verão?
O principal pecado que uma pessoa comete para se proteger é NÃO USAR Filtro solar. Hoje, estes produtos estão cada vez mais desenvolvidos e adaptados a cada tipo de pele. É recomendado o uso de um FPS igual ou maior de 30 e aplicá-lo 30 minutos antes de se expor ao Sol, reaplicando-o após transpiração excessiva ou mergulhos e também a cada 2 horas, dependendo do local e tipo de pele.

Se a pessoa não se proteger, como consequência imediata ela terá uma queimadura solar com vermelhidão, dor, bolhas, descamação, manchas claras e escuras, sem bronzeado. Como consequência tardia, podemos destacar o fotoenvelhecimento, terreno fértil para o câncer da pele. O fotoenvelhecimento traduz-se por um envelhecimento acelerado da pele com ressecamento, diminuição de sua espessura e tônus, flacidez por perda de fibras colágenas, rugas, manchas e surgimento de vasinhos dilatados na face. A radiação solar é acumulativa e pode levar a degenerações que se transformam em câncer de pele.

Os sintomas podem ser pequenas lesões ásperas e avermelhadas, tipo manchas ou feridas que não cicatrizam, principalmente na face, orelhas, ombros e braços, pode afetar qualquer área do corpo, mas as áreas expostas são as mais afetadas. Os tipos mais comuns de câncer da pele são o Epitelioma Basocelular e o Espinocelular. Porém, o tipo mais grave apesar de mais raro é o Melanoma.

4.Quando procurar um especialista?
Sempre que alguma lesão nova aparecer e não cicatrizar, pintas mudarem de cor e aspecto e se você tem pele muito clara e antecedente de câncer de pele ou melanoma, é bom fazer uma avaliação anual.

5.Quais os cosméticos que a mulher deve ter sempre com ela no verão?
Os produtos que não podem faltar na lista de quem deseja se preparar para o verão são:
1- Filtro solar 30 ou + para face, oil free toque seco. O Filtro solar corporal precisa ser escolhido de acordo com o tom da pele e tipo de atividade;
2- Sabonete líquido suave para face de uso diário;
3- Sabonete esfoliante para uso 1 a 2 vezes por semana, com o objetivo de eliminar as células mortas e melhorar a penetração de ativos;
4- Hidratante facial noturno com antioxidante e substâncias clareadoras;
5- Loção pós sol com ativos hidratantes, calmantes e vitaminas.

6.As maquiagens que bronzeiam funcionam?
Sim, as maquiagens de hoje podem ser usadas como verdadeiros dermocosméticos, porque muitas têm protetor solar, hidratantes, antioxidantes e outros ativos. Além do efeito químico do protetor solar, temos ainda o efeito físico da maquiagem que auxilia ainda mais na proteção solar.

7.Qual o fator de proteção solar mais eficaz?
Dependendo da cor da pele o fator de proteção precisa ser maior. Peles claras necessitam de FPS 30. Já em peles negras apenas o FPS 15 é eficaz. Como o brasileiro tem uma mistura de raças, quanto maior o FPS mais seguro.

8.Proteger os lábios é importante?
Sim, pois é um dos locais mais afetados por câncer de pele espinocelular, um tipo grave que pode inclusive dar metástase e levar à morte.

9.O que podemos fazer para não prejudicar os cabelos?
O ideal é não receber raios solares algum. Mesmo filtrando a radiação UV, o cabelo será danificado. Portanto, usar um chapéu é o ideal. Especialmente nos cabelos quimicamente tratados como relaxamentos e colorações. E quando exposto ao Sol, usar cosméticos com filtro solar em sua composição que ajudam na proteção do fio.

10.O corpo merece atenção especial?
Como toda a pele, mantendo a hidratação e o filtro solar é importante também secar bem as áreas de dobras e os pés para evitar micoses.

11.Qual a melhor forma de cuidar do corpo (pele) no verão?
Para o corpo, também vale a dica do protetor solar FPS 30 nas áreas fotoexpostas, como braços, colo, pernas, etc. Calças compridas e camisas de mana longa de tecidos leves também são boas opções, assim como as “sombrinhas”, que podem ser usadas nos dias mais quentes por quem se locomove a pé.

12.E o rosto? Como devemos cuidar?
O protetor solar protege a pele do câncer e do envelhecimento, evitando manchas, rugas e flacidez. Além disso, o organismo tem tempo de promover um aumento de melanina gradual e efetivo, que acaba se mostrando em um bronzeado leve e seguro. O uso deve ser constante e não devemos esquecer, além do rosto, os lábios, orelhas e mãos, pois as extremidades ficam expostas o tempo todo. Lembrar de retirar sempre o excesso de filtro solar com adstringentes ou loções de limpeza para não causar acne.

E quanto mais branca for a pele da pessoa, maior deve ser o fator de proteção. O protetor, em um país ensolarado como o Brasil, deve ser usado até em dias nublados, pois 80% das radiações ultrapassam as nuvens. Também é importante evitar o sol entre as 11 e as 15 horas, quando seus raios são mais intensos. A proteção pode ser completada com o uso de boné ou chapéu, camisa de manga longa e calça comprida (de tecido leve), caso haja tendência familiar ao Câncer de pele.

13.Manchas solares são comuns nessa época. Como prevenir?
As manchas mais comuns são as sardas, ou efélides, as melanoses solares e o melasma. As sardas são manchas pequenas que aparecem na infância e, normalmente, somente em pessoas de pele clara em áreas expostas ao sol. São comuns na face, mas podem acometer outras áreas expostas, braços, colo, dorso, pernas etc.

As melanoses solares são manchas que se desenvolvem com a idade, e estão presentes nos adultos de meia idade, a partir dos 40 anos ou mais. Também são relacionadas ao sol e indicam exposição excessiva e podem aparecer em peles claras ou mesmo em morenas claras. Acometem face colo e mãos, preferencialmente.

Já o melasma é uma hiperpigmentação da face que aparece, normalmente, em decorrência de alterações hormonais, gestação, uso de anticoncepcionais, etc. Sua localização é sempre na face e normalmente na região malar, testa e queixo.

14.Dê dicas para a mulher não “passar do ponto” ao se expor ao sol.
O ideal é tomar banho de Sol antes das 10h e após as 15h, porém se preferir permanecer ao ar livre, opte por sombras nesse intervalo e reaplique o filtro solar com maior freqüência. O uso de chapéu e óculos escuros também ajudam na proteção.

Fonte: sbcd.org.br

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s